7 de fevereiro de 2016

Casar-se com melhor amigo é o segredo da felicidade


Não precisa fazer o papel desesperado de Julia Roberts no filme “O casamento do meu melhor amigo”. O segredo é ter uma relação tão saudável e sincera com seu amor que ele passe a ser tão parceiro e próximo quanto é seu melhor amigo. Aí é só felicidade.

31 de janeiro de 2016

Comer chocolate antes da prova te ajuda a tirar uma boa nota


Sim, ele de novo!

O doce é bom para o coração, reduz o risco de acidentes vasculares cerebrais e ajuda a proteger a pele do sol. E agora um novo benefício pode ser adicionado em sua lista de qualidades nutricionais: ele pode te deixar mais inteligente.

Um estudo publicado recentemente na revista Appetite , indicou que as pessoas que comem chocolate pelo menos uma vez por semana viram sua memória e o raciocínio abstrato melhorar. “É significativo, ele age em uma série de domínios cognitivos”, disse o psicólogo Merril Elias, um dos líderes da pesquisa.

17 de janeiro de 2016

A velocidade de rotação da Terra


A velocidade média de rotação da Terra é de 30km/s ou 1.674,4 km/h. Então por que não ficamos tontos?

10 de janeiro de 2016

Hilaridade fatal


Você sabe o que é hilaridade fatal?

É indicado que quando for assistir um filme, prefira um drama a uma comédia. É sério. Você pode ser a próxima vítima de hilaridade fatal. Literalmente você vai morrer de tanto rir.

Hilaridade fatal é quando alguém ri tanto que morre. São causadas por parada cardíaca ou asfixia e são constatadas desde a Grécia Antiga.

3 de janeiro de 2016

Moisés chifrudo


No Renascimento, pinturas e esculturas de Moisés mostravam o profeta com chifres. Culpa de São Jerônimo, que traduziu a Bíblia para latim no século 4. Só que havia um erro de tradução. O texto original dizia que Moisés desceu do Monte Sinai radiante (“karan”, em hebraico), mas Jerônimo entendeu “keren”, ou “com chifre”. Micão.

Fonte: Mundo Estranho nº 177 (Fevereiro=2016); pág. 22

Leia também:

27 de dezembro de 2015

O chicote consegue romper a barreira do som

Por que o chicote estala no ar?

Quando acerta em alguém, uma chicotada dói pra caramba. Quando não acerta, estala no ar. O estalido indica que a barreira do som foi rompida. Isso acontece porque o golpe de mão para mexer o chicote carrega uma certa energia. Quando chega à extremidade, ela tem que escapar para algum lugar. Se o alvo é o corpo de alguém, a energia resulta na força da pancada. “Mas se o movimento é feito no vazio, faz a porção de ar que está na extremidade do chicote se deslocar bruscamente”, explica o físico Cláudio Furukawa, da Universidade de São Paulo.

Nem sempre há estalo. Depende da força feita pela mão, que não pode ser pouca, e do tamanho do chicote. Se ele for comprido demais a energia se dissipa. Um golpe que estala no ar desloca o chicote a cerca de 400 metros por segundo, ultrapassando a velocidade média do som, que é de 350 metros por segundo. No momento que o deslocamento de ar quebra a barreira do som, provoca um estampido. É o estalo que ouvimos.


Leia também:

20 de dezembro de 2015

Pirulitos foram inventados pelos romanos


Os pirulitos foram originalmente criados pelos romanos, porém há poucas informações sobre isso.

O que se sabe é que a ideia de um doce comestível em uma vara é muito simples, e é provável que o pirulito foi inventado e reinventado várias vezes. A história dos primeiros pirulitos na América parece ter sido distorcida ao longo do tempo. Existe alguma especulação que pirulitos foram inventados durante a Guerra Civil Americana (1861-1865). Outros acreditam que alguma versão do pirulito tem sido em torno desde o início dos anos 1800. George Smith afirmou ser o primeiro a inventar o moderno pirulito, em 1908, e registrou o nome lollipop em 1931. Ele usou a ideia de colocar doces em uma vara para torná-lo mais fácil de comer e teria chamado os deleites após uma popular corrida de cavalos, Lolly Pop. O termo pode ter derivado do termo lolly (língua) e pop (tapa). As primeiras referências ao lollipop, em sua data de contexto moderno, dá-se à década de 1920. Em alternativa, pode ser uma palavra de origem cigana estando relacionado com a tradição dos Roms de vender maçãs em uma vara. A maçã vermelha, na língua romani, é loli phaba.

O termo pirulito foi gravado pelo lexicógrafo inglês Francis Grose, em 1796.

FonteWikipédia

Leia também:

13 de dezembro de 2015

Astrônomos descobrem nuvem completamente composta de álcool


Astrônomos britânicos anunciaram nesta terça-feira a descoberta no espaço de uma nuvem de álcool com 463 bilhões de km, o que pode ser a chave para explicar como se formam as estrelas gigantes. A imensa nuvem, em forma de arco, é composta por álcool metílico ou metanol, a mais simples de todas as variações dessa substância.

Chamado antigamente de madeira de álcool, o metanol, primo do etanol, é extremamente tóxico para o homem e sua ingestão pode provocar cegueiras irreversíveis e, inclusive, estado de coma ou a morte.

O fenômeno foi localizado numa zona da Via Láctea onde atualmente se formam novas estrelas, sob o efeito do afundamento gravitacional de imensas concentrações de gás e pó, informaram em um comunicado os astrônomos do Observatório Jodrell Bank da Grã-Bretanha.

6 de dezembro de 2015

Walt Disney foi demitido do jornal em que trabalhava por “não ser criativo”

Antes de construir o império que todos nós conhecemos, Walt Disney foi demitido de um jornal porque o editor acreditava que ele não tinha boas ideias.

Em 1921, Disney fundou a sua primeira empresa de animação em Kansas, onde fez um acordo com uma empresa para a distribuição de seus cartoons em Nova Iorque, aonde a empresa distribuiria os materiais de Disney e pagaria apenas 6 meses depois.

O resultado disso foi que ele foi forçado a dissolver a sua companhia em um momento em que não poderia nem pagar o aluguel e, sobreviveu, supostamente, comendo comida de cachorro.